Como lidar com o medo e incertezas durante a pandemia

Como lidar com o medo e incertezas durante a pandemia

Todos nós enfrentamos dias difíceis e pressões nos cercam constantemente. A crise balança nossas emoções, embaça nossa visão e perturba nosso pensamento.

Em 2020, enfrentamos uma pandemia global, uma crise econômica massiva e uma agitação social generalizada. Acrescente a isso as forças que estão remodelando fundamentalmente as sociedades – inovação tecnológica, ruptura do modelo de negócios, desigualdade social e automação da força de trabalho – e fica claro que uma epidemia de estresse está se formando, com a crise COVID-19.

As mudanças ocorreram tão rapidamente que a maior parte da população mundial foi pega desprevenida. Ainda estamos tentando nos adaptar a esta nova realidade na esperança de que a pandemia acabe em breve, embora seja impossível prever as consequências que terá para todos nós.

As crises nos lembram que todos somos frágeis. Em geral, o ser humano faz planos para o futuro pensando que está no controle da vida, mas um pequeno vírus, um microrganismo que nem enxergamos, é suficiente para alterar completamente nossa rotina e nossos planos.

Sabemos que o crescimento acontece nas etapas e superações em situações difíceis, e Deus está conosco em cada um desses momentos! Temos sempre a tendência de focar no que é bom, no que é positivo. Gostamos de dizer que “vai dar tudo certo, Deus está no controle” e não damos espaço para as pessoas ficarem tristes, sofrerem. Esses sentimentos fazem parte da vida e muitas vezes não deixamos que elas processem o que está acontecendo.

Na crise não temos soluções fáceis e cuidar da mente tem a ver com nos adaptarmos a novas realidades, comportamentos e hábitos.

O que os líderes precisam durante uma crise não é um plano de resposta predefinido, mas comportamentos e mentalidades que os impeçam de reagir exageradamente aos acontecimentos de ontem e os ajudem a olhar para o futuro.

Em momentos de insegurança, algumas atitudes podem fazer a diferença para manter a nossa esperança, mesmo em tempos difíceis.

Leia os Salmos de Lamento

Os salmos são muito sinceros, encontramos em vários momentos o povo vivendo um período de fortes crises e eles lamentavam e protestavam. Em algum momento esquecemos da teologia do sofrimento e podemos praticar a disciplina do lamento. Deus não espera orações bonitas de seus filhos que estão com o coração quebrado, perdidos, tristes e confusos. O lamento pode ser o sofrimento transformado em oração e a oração pode fortalecer sua fé e o ajudará a manter seus olhos focados no Senhor, mesmo em tempos de crise.

Converse Com Alguém – Amigos, Família ou Profissional

É extremamente desgastante os dias de crise. Muitas vezes você precisará do apoio para ajudá-lo a entender, compreender e elaborar o que está sentindo e experimentando. Conversar com outras pessoas pode ajudar a organizar seus pensamentos. Em alguns casos a ajuda de um profissional pode ser necessário devido a ansiedade e sentimentos de turbulência extremamente altos. Não fique constrangido em procurar suporte quando não houver mais recursos emocionais para caminhar sozinho.

Se Movimente, Fique Ativo

Cuidar do seu corpo físico pode melhorar sua saúde mental. É interessante saber que durante a prática de exercícios físicos, a endorfina,  que é o hormônio que inibe a irritação e o estresse, é liberada, contribuindo para a sensação de satisfação e felicidade. Em tempos de insegurança, de crises e ansiedade, você precisa fazer exercícios regularmente. Escolha algo que você goste de fazer ou calce seu tênis e dê uma boa caminhada ou corrida. Você descobrirá a diferença que isso fará em sua rotina.

Priorize e concentre-se

Seja mais consciente sobre como gerenciar seu tempo e prioridades. Concentre-se apenas nas questões principais. Pule as tarefas secundárias.

Pense Hoje

Considere uma crise de cada vez.

“Não alimentem preocupações seja pelo que for, antes apresentem os vossos cuidados em oração e súplicas perante Deus. Exponham-lhe todas as vossas necessidades, sem esquecer de lhe expressar o vosso agradecimento. Então, a paz de Deus, que ultrapassa tudo o que a mente humana pode naturalmente compreender, conservará o vosso espírito e os vossos sentimentos em Cristo Jesus. Por fim, meus irmãos, deixem-me dizer-vos mais uma coisa. Concentrem os vossos pensamentos em tudo que é verdadeiro, em tudo o que é honesto, em tudo o que é justo, em tudo o que é puro, em tudo o que é amável e admirável; em tudo aquilo em que há virtude e verdadeiro valor.”

Filipenses 4:6-8

Não estabeleça a sua fé e a sua segurança em coisas que você não sabe controlar. Volte sempre às coisas que você já sabe:

1. Deus é bom e a sua graça é suficiente para nós.

2. Ele nunca nos deixa nem desampara.

Crie o hábito de prestar atenção às suas próprias emoções, necessidades e comportamentos. Você estará mais bem preparado para lidar com as dimensões humanas envolvidas na liderança durante uma crise. Como resultado, você será mais capaz de conter as situações complicadas, recuperar o controle, minimizar os danos e efetivamente prevenir, neutralizar e reduzir a duração de uma situação extremamente difícil.

Os planos de Deus não aguardam melhores dias. As muitas orações não estão em espera por tantos pedidos sendo feitos. Ele sabe o nosso nome e até os fios de cabelo da nossa cabeça estão todos contados. Deus é bom, para sempre e sempre.

Nossa equipe desenvolveu um material complementar para essa leitura. Acesse clicando no banner abaixo: 

Posts Relacionados

Deixeum comentário